Arquivos diários: 18/09/2020

Como fazer um Planejamento Sucessório

Saiba como Proteger seu Patrimônio Familiar

É extremamente importante que qualquer família possua um planejamento financeiro. Uma das medidas para tornar isso possível é o planejamento sucessório.

Ele é fundamental para que não haja dúvidas sobre quais bens serão herdados por cada herdeiro. Dessa forma, ninguém será prejudicado.

Um Problema Ignorado por Todos

O planejamento sucessório é muito importante, mas é ignorado por muitas pessoas, mesmo aquelas que possuem uma alta renda e patrimônio considerável. 

A maioria das pessoas tende a achar que as questões de sucessão são tranquilas de se resolver, ou até mesmo que isso não é necessário. 

No entanto, quando o dono do patrimônio morre, é que os problemas começam a aparecer: os bens podem ficar inacessíveis, para o prejuízo de todos os herdeiros.

Fazendo o planejamento sucessório, é possível eliminar esse tipo de situação complicada que, infelizmente, acaba sendo muito frequente.

Fazer esse procedimento permite que a sucessão seja dada de forma transparente, evitando conflitos familiares e fazendo que tudo corra de forma simples e legal.

Como fazer o Planejamento Sucessório?

Antes de tomar qualquer medida, sugerimos que você procure um advogado de confiança para ajudar nessas questões. 

Ele se certificará que de que todos os procedimentos estão sendo feitos de acordo com os trâmites legais, e que não haverá problemas no futuro. 

Você pode até economizar inicialmente, mas poderá pagar caro amanhã. Um bom advogado é indispensável para a elaboração de um planejamento adequado.

Levante seu Patrimônio Corretamente

Antes de entrar com o procedimento legal, é preciso levantar todo o patrimônio em suas mãos. 

Todos os tipos de ativos devem ser considerados: dinheiro na conta corrente, imóveis, carros, investimentos e outros. 

Dessa forma, você terá certeza de que nada será ignorado na hora de fazer o planejamento sucessório, gerando muito menos dor de cabeça. 

Um bom advogado ou contador pode te orientar nessa etapa.

Faça a Escolha de seus Beneficiários

Uma vez que tiver levantado seus bens, é necessário escolher os beneficiários dos mesmos, entre cônjuge, pais, filhos e outros parentes. 

Vale lembrar que, pela lei brasileira, ao menos 50% de seu patrimônio deve ser destinado para seus dependentes diretos. 

O resto pode ser doado livremente, seja para esses mesmos herdeiros, para outras pessoas ou até mesmo para instituições de caridade. 

Para evitar qualquer distribuição não aceita por lei, recomendamos o auxílio de um especialista no assunto.

Dessa forma, será mais fácil definir através de qual modalidade esse dinheiro será transferido.

Escolha um Modelo de Sucessão Patrimonial

Após definir suas metas de sucessão, você pode optar por alguns modelos para transferir seus bens. Separamos os principais:

  • Doação em Vida: como o nome sugere, é um procedimento no qual o dono do patrimônio ainda está vivo.
  • Testamento: através de uma minuta de testamento, passa-se o patrimônio para os beneficiários escolhidos. Pode demorar para os herdeiros receberem os valores.
  • Previdência Privada: forma simples de receber a herança, além de ser vantajosa tributariamente. No entanto, apenas 49% pode estar em ações. 
  • Holding Familiar: transferência do patrimônio através de uma empresa. Facilita a identificação clara do patrimônio, mas a carga tributária é bem alta. 
  • Existem outras medidas, como conta conjunta, fundos imobiliários e outros. No entanto, são casos mais específicos. 

Planejamento Sucessório – Resumo

  • O planejamento sucessório é uma forma de transferir seus bens para seus herdeiros sem complicação. 
  • Você precisa realizar várias etapas, como levantar seu patrimônio e escolher os beneficiários da herança.
  • Existem várias modalidades para transferir esse dinheiro, cada uma com vantagens e desvantagens. 
  • Para fazer um planejamento sucessório adequado, consulte um profissional especializado, tem que ser um advogado de sucessões, não adianta contratar um advogado trabalhista, pois esse é um assunto que exige muita atenção.